Rua Todos Os Santos, nº 268
Juazeiro do Norte-Ceará
CEP: 63010-115.

Instalações Elétricas Inadequadas.

post 3

Estatísticas do Corpo de Bombeiros trazem um dado alarmante. Entre os casos de incêndio com causa conhecida, a segunda maior incidência está entre os gerados por instalações elétricas inadequadas.
Um recente estudo realizado pela USP sob encomenda do Instituto Brasileiro do Cobre (Procobre) indica que a perda elétrica em instalações residenciais que desrespeitam a norma técnica é quase o dobro da perda que ocorre em projetos corretamente executados.
Uma instalação elétrica realizada dentro da norma, por profissionais qualificados e com produtos de qualidade garantida contribui para a segurança das pessoas e do imóvel, ao mesmo tempo que evita o desperdício de energia.
Juntos, todos esses dados deixam claro que os benefícios de uma instalação elétrica bem dimensionada são incontestáveis. No entanto, o brasileiro ainda não acordou para isso, e o que predominam são as instalações perigosas, que desperdiçam valiosos recursos energéticos e muito dinheiro.
O cenário é tão crítico que o saudoso engenheiro eletricista Ademaro Alberto Machado Bittencourt Cotrim, uma das maiores autoridades brasileiras em questões de normalização de instalações elétricas, costumava afirmar que no Brasil não se entrega uma instalação, se abandona. O porquê dessa situação é a combinação da falta de interesse da comunidade como um todo. Governo, fornecedores de material, profissionais da área e até mesmo os consumidores, ninguém está livre da culpa.
Felizmente esta mentalidade está mudando e muito tem sido feito para melhorar este quadro. Tudo começou com o processo de certificação compulsória dos materiais elétricos no mercado brasileiro, que inclui produtos como condutores, disjuntores, plugues, tomadas, fusíveis e interruptores, entre outros.
Mas de nada adianta ter produtos confiáveis se a sua aplicação não for a correta. Por isso o Comitê Brasileiro de Avaliação da Conformidade (CBAC) formou uma subcomissão para planejar também a avaliação da conformidade das instalações elétricas.

Fonte: http://www.prysmianclub.com.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>